Corregedoria - 15/01/2021 - 11:57:46
Tourinho agradece empenho de servidores e destaca realizações da CGJAL
Em reunião, corregedor ressaltou a importância do diálogo durante sua gestão e da virtualização para a celeridade dos procedimentos

Na ocasião, todos os presentes agradeceram o esforço de todos e a comunicação ímpar durante a elaboração dos projetos. Foto: Itawi Albuquerque Na ocasião, todos os presentes agradeceram o esforço de todos e a comunicação ímpar durante a elaboração dos projetos. Foto: Itawi Albuquerque

O corregedor Fernando Tourinho de Omena Souza prestou contas das principais realizações da Corregedoria Geral da Justiça de Alagoas (CGJ/AL) durante o biênio 2019-2020 e agradeceu a todos os servidores envolvidos, durante reunião virtual nesta quarta-feira (13), com representantes do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Alagoas (Serjal), Sindicato dos Oficiais de Justiça de Alagoas (Sindojus/AL), da Central de Armas e outros parceiros da CGJAL que colaboraram com as atividades. 

Na reunião, que também contou com a presença de juízes auxiliares e servidores, o desembargador apresentou informações sobre os resultados que foram conquistados durante o período, a exemplo do lançamento do Código de Normas, da Consolidação Normativa Notarial e Registral (CNNR) e do Regimento Interno. De acordo com o corregedor, a gestão foi marcada pelo bom diálogo. Ele também destacou a importância da tecnologia para o bom desempenho da instituição, especialmente em 2020, quando foi estabelecido o trabalho remoto em virtude da pandemia.

“Em face da virtualização avançada, o Poder Judiciário se reinventou e se adaptou bem ao período de isolamento social. Hoje, eu gostaria apenas de agradecer a atuação de todos, uma vez que sem a cooperação e esforço que foram aplicados, pouquíssimas coisas teriam, de fato, se realizado”, pontuou o desembargador. 

Durante o encontro, o corregedor enalteceu o empenho e apoio dos três juízes auxiliares da Corregedoria, Antônio Rafael Casado, João Paulo Martins e Lorena Sotto-Mayor, bem como do juiz José Eduardo Nobre Carlos, que atuou na coordenação do Extrajudicial durante um período, e do ouvidor Judiciário Diógenes Tenório. 

Para o juiz auxiliar João Paulo Martins, a boa produtividade cultivada na elaboração de projetos durante o biênio se deve também à participação dos servidores da Contadoria Judicial Unificada, ao Código de Normas e aos provimentos. 

A servidora Valda Cordeiro, que foi uma das integrantes da comissão que elaborou o Código de Normas, também reforçou a importância da contribuição dos servidores. “Gostaria de parabenizar o corregedor pela brilhante gestão, tendo uma equipe que sempre procurou orientar com transparência e disponibilidade. Foi um desafio ter participado do Código de Normas, uma vez que foi possível regulamentar as atividades de maneira simples e acessível a todos”, comentou.

O juiz auxiliar da CGJ Antônio Rafael Casado destacou o trabalho realizado na Central de Armas. “O coordenador técnico Rafael teve um papel fundamental na organização da Central, que, em conjunto com os oficiais de Justiça de Alagoas, puderam possibilitar o envio de mais de 5 mil armas para a destruição. Então, isso pode ser realizado graças à competência desses servidores”, concluiu o magistrado. 

Participaram do encontro, o presidente do Serjal, Aluciano Martins, o presidente e o diretor jurídico do Sindojus/AL, Williams Andrade e Aécio Brito, os coordenadores das Centrais de Mandados da Capital e de Arapiraca, Gustavo Macedo e Júlio Fontan, a diretora do Fórum da Capital, Rita Lyra, a coordenadora da Contadoria Judicial Unificada (CJU), Kerlla Márcia, o coordenador técnico da Central de Armas, Rafael Lima, e o analista Judiciário do setor de distribuição, Cássio Rodrigues. Também marcaram presença alguns dos servidores que participaram da comissão que elaborou o Código de Normas Nelmont de Bulhões Braga, Karina Nakai e Bianka Lessa, bem como os servidores da Corregedoria Jonathan Araújo, Gadara Cavalcante e Mariá Tenório.


Fernanda Santos - Ascom CGJ/AL

imprensacgj@tjal.jus.br - (82) 4009-3826 | (82) 99104-9842


Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.